12 de agosto de 2016
Estrias têm solução? ♥
| comentários
Olá princesas, tudo bom?

Estrias têm solução?

As estrias são lesões decorrentes da degeneração das fibras elásticas da pele, que ocorrem por sua distensão exagerada ou devido a alterações hormonais. É comum o surgimento durante a puberdade (em decorrência do crescimento acelerado), em casos de obesidade, devido ao uso de certos medicamentos e na gravidez.

As estrias podem surgir em ambos os sexos, sendo mais frequente nas mulheres.

Clinicamente são lesões lineares, geralmente paralelas, que podem variar de 1 a vários centímetros de extensão. Surgem principalmente nas coxas, nádegas, abdômen (gravidez) e dorso (homens). Inicialmente as lesões são avermelhadas ou róseas, evoluindo para uma tonalidade esbranquiçada.
Para evitar as estrias recomenda-se a hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes apropriados, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias e que estejam em fase de crescimento intenso ou aumento de peso.

As estrias são lesões irreversíveis, não existe um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Todos os tratamentos buscam a melhora do aspecto estético, estimulando a formação de tecido colágeno nas lesões. As estrias tratadas na sua fase inicial têm uma resposta melhor aos tratamentos. Várias técnicas podem ser empregadas, entre elas:
  • Peelings
  • Subcisão utilizada para elevar estrias deprimidas, a técnica consiste em liberar a pele da fibrose cicatricial, que a puxa para baixo. É realizada através da introdução de uma agulha cortante sob a cicatriz, em movimentos de vai e vem, que cortam o tecido fibroso, soltando a pele. Um hematoma resultante do trauma estimula a formação de tecido colágeno no local, que também vai ajudar a elevar a cicatriz.
  • Dermoabrasão consiste no lixamento da pele e é indicado nos casos em que há presença de cicatrizes deprimidas (as que desaparecem quando a pele é esticada) e profundas. O procedimento é doloroso e feito sob anestesia. O risco maior é o de deixar manchas escuras, principalmente em pessoas de pele morena.
  • Intradermoterapia : também conhecida como mesoterapia. Consiste na aplicação de medicamentos sob a pele, por meio de múltiplas injeções intracutâneas na área desejada.  A vantagem desta técnica é a aplicação do medicamento exatamente na área que se deseja tratar. As principais desvantagens são: dor na aplicação, hematomas e inchaço local. Para o tratamento das estrias são utilizadas substâncias antioxidantes e estimuladores do colágeno. São necessárias de 5 a 10 sessões com intervalo de 3 semanas entre elas.
  • Radiofrequência
  • Carboxiterapia
  • Lasersão indicadas de 6 a 8 sessões de laser fracionado




Gostaram princesas? Deixem seus comentários aqui embaixo..

Beijinhos

Nenhum comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...